O Gajo ‎– Longe Do Chão

Label:
Rastilho Records ‎– 169CD2017
Format:
CD, Album
Country:
Released:
Genre:
Style:

Tracklist Hide Credits

1 Longe Do Chão 1:13
2 Há Uma Festa Aqui Ao Lado 3:25
3 Uma Ginja Com Elas 5:03
4 A Carteirista 4:10
5 Miradouro Da Batucada 6:32
6 O Cego E A Guitarra 5:22
7 Trânsito de Vénus
Voice – Telma Pereira
6:06
8 5300 Noites 5:58
9 Férias No Havai 4:08
10 Navio Dos Loucos 4:39
11 A Navalha Da Rua Escura 4:44

Companies, etc.

Credits

Notes

"São sombras vagas de final de tarde que povoam o universo d’O GAJO e nos contam histórias da cidade oculta. “5300 noites” passadas no “Miradouro da Batucada” onde “A Carteirista” aguarda paciente
ao som do “Cego e a Guitarra”. Assim navega o “Navio dos Loucos”, comandado pelas mãos que tecem emoções e pensamentos.
“Longe do Chão” é um voo sobre nós próprios embalados por uma Viola Campaniça que nos enche como a maré e nos inunda com sentimentos de naufrágio."

O GAJO nasce em Lisboa na primavera de 2016 pelas mãos de João Morais com o intuito de ligar a sua música à terra que o viu nascer, Portugal. É assim que surge a relação com a Viola Campaniça, um instrumento de raiz tradicionalque faz parte da história centenária e cultural portuguesa.
Também designada por Viola Alentejana, a Viola Campaniça era o instrumento musical usado para acompanhar os célebres cantares à desgarrada, ou ”cantes a despique”, nas festas e feiras do Alentejo. É a maior das violas portuguesas e possui 5 ordens de cordas
tocadas tradicionalmente de dedilhado apenas com o polegar.
João Morais é músico desde 1988 e depois de quase 30 anos a tocar guitarras vindas de fora, é num concerto em Beja que conhece a Viola Campaniça. A que traz para Lisboa ganha novas tonalidades afastando-se da linguagem mais tradicional mas mantendo
intacta a sua Portugalidade.
As composições d’O GAJO podem soar a fado, mas não são fado, podem soar a música tradicional, mas não são música tradicional, são um híbrido disso tudo e muito mais. O GAJO toca música do mundo.

Depois de 6 meses a tocar por todo o país, 2017 chega com a
gravação do primeiro disco, que contou com o apoio e financiamento
da Fundação GDA e a edição da Rastilho. O passo seguinte será levar a Campaniça a todo o lado e mostrar que as nossas raízes ainda podem dar muito fruto.

released May 19, 2017

tags: alternative contemporary guitar guitarra portuguesa indie instrumental Portugal

Barcode and Other Identifiers

  • Barcode: 5609330047423

Reviews