• excel21 over 4 years ago

    Vendo que alguns brasileiros não possuem nível de Inglês adequado para se engajar em discussões no fórum principal decidi criar um tópico semelhante ao "The Submitters These Days..." - http://www.discogs.com/forum/thread/215360 - no fórum principal, para ajudar usuários com erros e responder a dúvidas que quaisquer usuários possuam, além de corrigir e requisitar votos nas suas submissões.

    Mesmo que você não tenha privilégios de voto peço que você ajude comentando. Evite votar NmC/NMC em submissões de usuários que buscam ajuda.

    RockMeGuitars
    No momento ele já adicionou cinco LPs e todos precisam de correções. Comentei em dois deles: http://www.discogs.com/history?release=7363767#latest e http://www.discogs.com/history?release=7367631#latest
    -Ed Wilson (7) - Chuva De Bençãos = Maiúsculo Para A Primeira Letra De Cada Palavra. A1 e não A-1 (etc)
    -Agnaldo Timóteo - Sucesso De Ouro Vol. II = Maiúsculo Para A Primeira Letra De Cada Palavra. A1 e não A-1 (etc)
    -Rebanhão - Mais Doce Que O Mel = Vocal => Vocals. Carlinhos e Pedro escolhidos estão errados. A1 e não A-1 (etc)
    -Grupo Oasis - Honra E Louvor = Maiúsculo Para A Primeira Letra De Cada Palavra. AUTHOR = Written-By. Créditos em inglês. A1 e não A-1 (etc). As notas de lançamento (release notes) podem ser removidas(?)
    -Elizabeth (23) - Só Você... = Elizabeth errada. Maiúsculo Para A Primeira Letra De Cada Palavra. VOCAL = Vocals. Mover a ficha técnica para seção de créditos, em inglês.

    AngelicaValente (no CIP faz 2 meses)
    Muitas submissões que precisam de mudanças. CDs sem número de catálogo, lançamentos digitais sem bitrate e sem link para download.
  • excel21 over 4 years ago

    O artista italiano bennyesposito que atualmente mora no Brasil também precisa de ajuda.
    Suspeito que os CD-ROMs sejam na verdade CD-Rs (CDr).
  • excel21 over 4 years ago

    laerciojr
    O ano de lançamento original do disco não faz parte do título. Apenas use a tag "Stereo" para lançamentos pós-anos 70 se uma versão mono existir.
    RAY CONIFF = Ray Coniff
  • lapcosta over 4 years ago

    Alguem sabe a partir de que ano as releases nacionais (sejam CD ou LP) passaram a vir com código de barra ?
  • User5000 over 4 years ago

    data exata eu não sei, mas acredito que tenha sido introduzida nos lps-cds brasileiros nos anos 90, a partir de 92, 93 para cima
  • lapcosta over 4 years ago

    Tambem acho que foi mais ou menos a partir desta data, 92, 93 por aí... mas queria uma data mais precisa como tempos como o IFPI por exemplo... se alguem tiver, ajuda... valeu !
  • lapcosta over 4 years ago

    Muitas releases nacionais vem com o seguinte termo nos créditos: "Direção Artística" e "Direção Geral". Quais os melhores termos encontrados para isto ?
    Art Direction não se enquadra, deve ser usado para "Direção de Arte" que é diferente de "Direção Artística", tanto que muitas releases tem os dois e com pessoas diferentes.
    Eu particularmente tenho usado assim: " Directed by [Artistitc Direction] "
  • excel21 over 4 years ago

    Direção Artística não é Art Direction? Preciso voltar e corrigir todos os lançamentos que adicionei o crédito assim...

    A lista de créditos também não informa sobre como o crédito (na categoria Visual) deve ser utilizado: http://www.discogs.com/help/creditslist

    Acho que Directed By [Direção Artística] Ou Directed By [Artistic Direction] seria o correto então.

    E aqueles que dizem "Uma produçao Universal Music dirigida por..." o crédito correto seria Producer e não Directed By, correto? Ou os dois são válidos?
  • User5000 over 4 years ago

    nesse lançamento Renata Arruda ‎– Por Elas E Outras o proprio crédito aparece como Direção Artística (A&R). mesmo assim eu já atinha aberto um support request e expliquei a função de cada um e me informaram que o equivalente em inglês a direção artistica é A&R. art direction significa direção de arte e tem a ver com o visual ja direção artistica tem a ver com o planejamento. eu pesquisei a função de cada um no google e foi isso q apareceu
  • lapcosta over 4 years ago

    excel21
    "(...) E aqueles que dizem "Uma produçao Universal Music dirigida por..." o crédito correto seria Producer e não Directed By, correto? Ou os dois são válidos?"
    Concordo com você, nestes casos eu sempre uso o "Producer".

    User5000
    Muito bem observado, parando pra pensar agora, Direção Artística tem tudo haver com A&R. Raros discos nacionais tem o crédito para A&R e quase todos tem Direção Artística, ao passo que a maioria dos discos gringos tem A&R. É um crédito importante num album.
    Por mim eu estou de acordo em mudar Directed by [Artistic Direction] por A&R
  • excel21 over 4 years ago

    Alguém sabe em que ano foi lançado o primeiro compacto (7") brasileiro?

    O primeiro vinil nacional foi o Carnaval Em "Long Playing", um LP 10" contendo músicas de vários artistas, lançado no ano de 1951. Demorou um ano até o segundo disco de vinil brasileiro ser lançado, Parada de Sucessos pela gravadora Sinter.

    Em 1953 saiu o primeiro LP 12", o disco Feito Para Dançar de Waldir Calmon. O LP 10" foi abandonado em 1958, por não poder competir com a capacidade sonora do LP 12".

    Mas e o compacto? Sei que em 1958 João Gilberto lançou um compacto, que marcou, segundo críticos, o início da Bossa Nova.

    [http://www.discogs.com/forum/thread/694991]
  • excel21 over 4 years ago

    excel21 edited over 4 years ago
    51 contribuições de CDs de rap / hip-hop. A maioria precisa ser corrigida.
    http://www.discogs.com/contributions?user=G-Funk_213

    Prática comum do usuário é a de adicionar um sufixo com acrônimo do grupo a que o artista pertence, por exemplo Douglas (RC) deve ser Douglas (23), integrante do grupo Realidade Cruel.

    Editado: levei horas, mas resolvi
  • lapcosta over 4 years ago

    Galera, o usuário LocomotivaBR (http://www.discogs.com/user/LocomotivaBR), uma loja de discos de São Paulo, diariamente cria novas releases no Discogs sempre fora do padrão. Os principais erros que noto são:
    - Cria box sem o formato Box + Compilation
    - Numeração usando 1-01, 1-02, com um zero há mais
    - Quando é box, coloca CD1-01, CD1-02, e etc

    Eu já corrigi muitas releases deles, sempre mandando mensagens e marcnado eles nas submissions, mas eles sempre continuam criando errado. Sinceramente não aguento mais avisá-los !! Se alguem aqui puder reforçar e notificá-los que existe um padrão a ser cumprido, de repente dá certo...

    Grato
  • excel21 over 4 years ago

    LocomotivaBR
    Posições como 1-01 estão corretas. Utilizar o prefixo CD para lançamentos que são apenas CDs é incorreto.

    RSG §12.2.8.: Don't use redundant prefixes and suffixes, for example, prefixing "CD1" in front of a release that only contains one CD, prefixing with zero (embedded zeros such as CD1-01 are acceptable however), or prefixing / suffixing with punctuation. Don't use redundant prefixes and suffixes, for example, prefixing "CD1" in front of a release that only contains one CD, prefixing with zero (embedded zeros such as CD1-01 are acceptable however), or prefixing / suffixing with punctuation.

    É uma guideline estranha, ao menos eu acho. Acho desnecessário usar 1-01, uso apenas 1-1 como nesse boxset da Clara Nunes: Clara

    No caso de Moreira Da Silva - Sempre Um Sucesso (1967-1979), os headings devem conter apenas o título do material: Cd1 - O Sucesso Continua (1968) deve ser O Sucesso Continua (1968). O prefixo CD deve ser removido: todo o boxset é em CD. + Box Set tag.
  • excel21 over 4 years ago

    Esqueci de notificar o usuário LocomotivaBR para o post acima

    Se alguém tiver tempo de procurar imagens para corrigir os lançamentos, a usuária evauviedo comete erros normais para iniciantes como vinil sem indicação de lado (1, 2, 3... quando deveriam ser A1, A2... B1, B2...), companhias no lugar de selos e um mais grave que vi duas vezes foi adicionar outro formato ao já existente, como em [http://www.discogs.com/history?release=1377982] que era CD e ela alterou para vinil + CD.
  • excel21 over 4 years ago

    Alguém sabe a definição de capa sanduíche?

    http://lista.mercadolivre.com.br/capa-sanduiche
  • lapcosta over 4 years ago

    Gatefold ?
  • evauviedo over 4 years ago

    excel21
    Se alguém tiver tempo de procurar imagens para corrigir os lançamentos, a usuária EvaUviedo comete erros normais para iniciantes como vinil sem indicação de lado (1, 2, 3... quando deveriam ser A1, A2... B1, B2...), companhias no lugar de selos e um mais grave que vi duas vezes foi adicionar outro formato ao já existente, como em [http://www.discogs.com/history?release=1377982] que era CD e ela alterou para vinil + CD.


    ok, obrigada! Esse foi o primeiro que tentei adicionar e não sabia bem como funcionava. Companhia / selo é uma coisa complicada. E tem muitos lançamentos independentes que não mencionam nem um nem outro. Sobre as faixas de LP, tbm não sabia que deveria estar dividida por 'lados', vou corrigir as que postei. valeu!
  • excel21 over 4 years ago

    Sobre companhia e selo:

    Companhias no geral são creditadas com terminação legal (no Brasil, as mais comuns são S.A. e Ltda.).
    Selos são os "logos" que aparecem no lançamento.

    Exemplos de companhia e selo, respectivamente:
    Universal Music Ltda. e Universal Music, BMG Brasil Ltda. e BMG Brasil, Polygram do Brasil Ltda. e PolyGram

    Quando não aparece logo algum utiliza-se o Not On Label.
  • lapcosta over 4 years ago

    Galera, esta usuária MelissaSchimidt parece estar meio perdida, lançando várias releases no discogs com muitos erros. Veja estas:
    http://www.discogs.com/Padre-Marcelo-Rossi-featuriing-Ivete-Sangalo-Adryana-Ribeiro-Alexandre-Pires-Padre-Ant%C3%B4nio-Maria-Be/release/7679310

    Ela tem lançado releases do Mercado Livre sem te-las em mãos, o que é errado.

    http://www.discogs.com/Various-Artists-Fran%C3%A7a-98-Brasil-Pentacampe%C3%A3o/release/7681266

    Acho que ela precisa de ajuda
  • Eddye over 3 years ago

    Amigos, preciso de uma orientação. Estou tentando entrar em contato com um vendedor francês. Comprei dele duas vezes e foi tudo blz. Agora ele teria bloqueado as vendas a brasileiros. Porém, quando mandei mensagem pra ele, disse-me que não foi ele quem bloqueou, que eu esperasse uns dias.
    Bem, já se passaram uns 3 meses e nada.
    Queria escrever novamente pra ele, mas não estou conseguindo. Aparece uma mensagem dizendo "Incorrect verification code."
    Que diabos de 'code' é esse?
    Obrigado, amigos.
  • vhsodre over 3 years ago

    Você comprou algo deste vendedor? Se sim, você deveria ter aberto uma disputa no paypal. Já tentou enviar email pra ele?
  • Eddye over 3 years ago

    Não, eu só queria entrar em contato mesmo, pra ver se ele abre pra brasileiros novamente.
    Exatamente isso que to tentando fazer, mandar uma mensagem pra ele pelo Discogs, já que não tenho o email dele.
  • Montandon over 3 years ago

    Saudações a todos!
    Sou novinho em folha no Discogs. E certas coisas estão sendo dificeis de entender. Talvez a boa vontade dos amigos aqui me ajudem. A ultima coisa que quero é fazer bobagem por aqui. A ferramenta é fantástica e quero contribuir!!

    Estou começando a catalogar a minha coleção. Tenho varios e vários discos que apesar de estarem representados aqui, com todas as informações corretas, a diferença é que o meu é Made in Brazil. O resto por ai nao.
    Tenho certeza que varios de voces passaram por isso.

    Decidi postar um release do zero, com toda acuracidade possivel e funcionou. Minha contribuição está lá disponivel pra qualquer um que queira adiciona-la a sua coleção, devidamente identificado como feito no Brasil.

    Depois, lendo mais um pouco, descobri que é possivel capturar um release que seja quase igual ao que deseja cadastrar apenas modificando alguns detalhes e depois postando. Seriam os drafts. OK?

    Fiz o procedimento, o draft está gravado, mas não consigo transforma-lo num release ou versão do disco. Nao há mecanismo disponivel. Nao entendo.
    Li e reli mas nao entendi como isso funciona. Alguns tutoriais que achei até indicavam acoes que nao sao disponiveis em meu draft.

    Alguem poderia indicar onde estou errando??
    Um simples passo a passo sobre como usar um release existente, altera-lo e depois postá-lo seria magnifico.

    Obrigado a todos!!
  • aberdeenalternative over 3 years ago

  • lapcosta over 3 years ago

  • lapcosta over 3 years ago

    Montandon blz ?

    Vou dar uma passada em alguns releases seus, entrei neste primeiro aqui:
    https://www.discogs.com/The-Beatles-Let-It-Be/release/8695655

    Uma alteração importante:
    Os releases brasileiroas de 2003 em diante passaram a vir com um código chamado aqui no discogs de Batch ID. Este código indica a prensagem e a quantidade de copias prensadas naquela leva. Por exemplo este Beatles me parece que o Batch ID (encontrado na lateral) é AI0002000. A primeira prensagem é AA, a segunda é AB, a terceira AC e aí por diante. A prensagem AI0002000 que é a nona prensagem com tiragem de 2 mil copias.
    Temos um acordo oficial do Discogs que para cada Batch ID diferente, uma nova release deve ser cadastrada e a tag REPRESS adicionado em Format.

    Outra dica, que vi que talvez á tenha percebido é extrair o ano da release baseado na matrix da Sonopress. Neste mesmo exemplo o código 10768/13 indica que é de 2013. O /xx indica que xx é o ano da release.

    Vou adicionar voce como amigo pois aí posso ver as submissions que voce fizer e vou lhe ajudando. Comentários la no History da release, se necessário, farei em ingles pois é norma do site. Aqui podemos falar em portugues.

    Abs e bom trabalho.
  • Montandon over 3 years ago

    Montandon edited over 3 years ago
    Como vai lapcosta. Muito obrigado pelas instruçoes. Como disse no meu primeiro post aqui, minha intençao é contribuir sempre, mas muitas vezes a inexperiencia e falta de conhecimento atrapalham. Desculpe as falhas.

    Obrigado novamente e no fim de semana vou rever os pontos que voce indicou.

    Abraço
  • Montandon over 2 years ago

    Quando pegamos infirmaçoes evidentemente incorretas num release, qual a açao mais apropriada na opinião de voces. Alterar/Apagar as informaçoes incorretas pelo bem da comunidade, ou pedir a alteraçao ao usuario que a inseriu???

    Eu sempre ajo da segunda forma, mas vejo que as vezes meses se passam sem nenhuma ação.
  • User5000 over 2 years ago

    Vou responder o que eu faço.

    Se tiver as imagens e eu conseguir basear minha edição nessas imagens, eu mesmo arrumo.
    Se não tem imagens, eu prefiro pedir ao usuário que colocou para alterar.
  • Montandon over 2 years ago

    Obrigado amigo.
  • Montandon over 2 years ago

    Alguém sabe quando exatamente foi instituído o código de barras nos CDs brasileiros?

    Estou numa situação onde existe um release de um CD brasileiro cadastrado como sendo do ano de 1991 e contem código de barras. Porém, eu tenho o mesmo CD, com certeza de 1991, e minha cópia não tem código de barras. Todo o resto parece igual.

    Estaria esse release incorreto?
    Ou pode ter havido uma convivência entre CDs com e sem código de barras nessa época?
  • fyashop over 2 years ago

    Montandon
    Alguém sabe quando exatamente foi instituído o código de barras nos CDs brasileiros?

    Estou numa situação onde existe um release de um CD brasileiro cadastrado como sendo do ano de 1991 e contem código de barras. Porém, eu tenho o mesmo CD, com certeza de 1991, e minha cópia não tem código de barras. Todo o resto parece igual.

    Estaria esse release incorreto?
    Ou pode ter havido uma convivência entre CDs com e sem código de barras nessa época?


    Os códigos de barras surgiram nos anos 80 por aqui no Brasil. Mas só foram realmente popularizados já quase na metade dos anos 90. Somos meio atrasados na automatização de alguns recursos.

    Eu tenho títulos com e sem código de barras. Depende muito da impressão, e do pedido do selo/gravadora. A cópia com e sem código não mudam em nada, só que algumas lojas no final dos anos 80 não tinham computadores e leitores dos códigos de barras, então os códigos eram inúteis.

    Muitos dos cds que comprei vinham com notinhas escritas à mão. Ainda tenho alguns lps da década de 70 importados dos EUA que já tinham codigos de barras, enquanto no Brasil... Nada.
  • User5000 over 2 years ago

    Editando aqui e ali, eu vi o código de barras em lançamentos de 1992.
    Lançamentos de 1991 ou menos ainda não encontrei com códigos de barras.

    Código de barras foi introduzido no Brasil em 1984 oficialmente, mas pelo jeito nos LPs e fitas não se usava. Foi nos anos 90 mesmo que começaram a colocar também nos LPs, fitas e CDs.
  • lapcosta over 2 years ago

    Montandon este seu release que diz de 1991 e não tem data, eu no seu lugar deixaria o campo Date release em branco e marcaria a role Reissue em Format. Há menos que exista alguma outra referência que mencione a data como um matrix Microservice ou Sonopress por exemplo.
  • lapcosta over 2 years ago

    Ah, e concordo que os barcodes em releases brasilieiros, em especial os CD's, metade dos anos 90... comecei a comprar CD em 1990 e tenho muitos desta época, início dos anos 90, até hoje. Todos eles sem código de barra.
    O curioso é que alguns até tinham aquele retangulo onde viriam o código de barra, mas apenas um código 368 seguido do código de catálogo do disco, como este Marillion - 1982-1992 - A Singles Collection

    A propósito, alguem sabe o que é este código 368 ?
  • Montandon over 2 years ago

    lapcosta, existe o ano do copyright (c) 1991 BMG Music Group, que apesar de nao ser uma data 100% confiavel há tambem o fato que este cd foi realmente comprado em 1991.
  • Alvesaraujo922 over 2 years ago

    Boa tarde,

    Estou fazendo a minha primeira compra no discogs e tenho algumas dúvidas:

    Existe alguma quantidade de discos para não ser taxado?

    Vale apena comprar em lugares diferentes? E isso gera mais fretes?

    Qual o prazo de entrega via EUA?

    Desde já agradeço a atenção,

    Rogério
  • Montandon over 2 years ago

    Existe alguma quantidade de discos para não ser taxado?

    -Não existe, mas dificilmente comprando 1 ou 2 por vez você será taxado. Eu nunca fui.

    Vale apena comprar em lugares diferentes? E isso gera mais fretes?

    - Você só poderá economizar em frete se fizer uma combinação com um mesmo vendedor. Comprando de vendedores diferentes obviamente cada um cobrará seu frete e manuseio.

    Qual o prazo de entrega via EUA?

    - Indeterminado. O pacote não demora nem uma semana pra entrar em solo brasileiro, mas pode ficar de semanas a meses parado em postos da receita federal antes de chegar em suas mãos.
  • lapcosta over 2 years ago

    Concordo com todas as respostas do Montandon
  • Eddye over 2 years ago

    Já fiz compras de até 6 discos e nunca fui taxado. Mas não aconselho, pois pode ter sido sorte. Uma saída é solicitar ao vendedor colocar (em inglês) que enviou como presente.
  • Eddye over 2 years ago

    Amigos, não sei se dá pra arrumar isto. Não fui eu quem fiz, mas descobri um erro e queria consertar.
    Esta banda abaixo tem um álbum oficial que não consta da lista, porém existe a postagem (link abaixo):
    https://www.discogs.com/artist/79103-Dynasty
    https://www.discogs.com/Dynasty-The-Second-Adventure/master/240295
    Podem ver que não tem este álbum na lista, em 1981. E nem aparece em nenhuma outra lista, nem de compilations nem de unoficial.
    Tem como se arrumar isso?
    Obrigado pela ajuda.
  • Montandon over 2 years ago

    Ja consertaram...
  • Eddye over 2 years ago

    Obrigado!!!!!
  • ronanc over 2 years ago

    Pessoal, conheço vários amigos que tem comprado discos de diversos paises e recebido tudo certinho via correios normal, e sem imposto pois é o que manda a lei, até 60 dolares de pessoa fisica não deve ser taxado, e acredite, 60$ da pra comprar muito disco la fora, principalmente da europa é só garimpar. tem amigo recebendo pacotes com 15, 20 discos certinho dentro do valor e sem imposto. pesquisem!
  • lbamaral over 2 years ago

    lbamaral edited over 2 years ago
    lapcosta
    A propósito, alguem sabe o que é este código 368?


    A esse respeito, e também sobre como datar (ou às vezes não datar) corretamente muita discussão pode rolar.
    368 não era o único pré-code da EMI no início dos anos 90. 330, 352 e outros foram usados. São na verdade cat# impressos no "quadrado branco" onde deveria estar o código de barras.
    Discos LPs da Warner no final dos 80 já traziam impresso, geralmente na contracapa superior esquerda uma sequência numérica (10 números, iniciados com 7) que refletia a numeração dos códigos de barras, que só viriam mesmo a ser usados em 92, 93.

    Acho que seria próprio nesse thread a orientação sobre o uso inapropriado de companhias como labels e vice-versa. Muitos usuários novos não conseguem entender a diferença, e mesmo alguns antigos persistem em entradas conflituosas, tipo EMI e Harvest, EMI e Odeon, CBS + Discos CBS + CBS Masterworks, creditar labels "sob licença de" como Label quando o logo não é mostrado (muitos discos do final dos 60, pela RGE e Fermata principalmente)... Enfim, podemos ajudar e aprender em português antes de publicar besteira, nénão?
  • lbamaral over 2 years ago

    Com a devida licença e reverência ao colega excel21, de cujo perfil recortei "Nara Leão's Garota de Ipanema (Philips) was the first Brazilian CD, dated 9 April 1986", venho dar uma de "MithBuster" e esclarecer que este não foi o 1º CD brasileiro, mas o 1º CD gravado e lançado por artista brasileiro, só que no Japão e Alemanha. A Microservice de SP só foi inaugurada em 1987, e acho q os primeiros discos só saíram no princípio de 88. Em 89 abriram a fábrica de Manaus. A VAT, a Sonopress-Rimo e a Sony Music Brasil são do início dos 90. Depois vieram a NovoDisc e a Videolar e micro fabricantes. Hoje acho q só a Sonopress-Rimo ainda existe.
    Portanto, amigos, ao abrirem as páginas das companhias e clicarem e "Year", verão quase uma centena de releases datados de anos que os fabricantes sequer existiam.
  • Fabioluiz100 over 2 years ago

    Olá pessoal, preciso da ajuda de vocês.
    Hoje fui adicionar o seguinte LP a minha coleção:
    https://www.discogs.com/Os-Serranos-Bandeira-Dos-Fortes/release/8602313
    Porém percebi que o número do Label na capa é "2-01-404-019", porém no disco está "201.404.019'. Neste caso, qual a formatação devesse ser usada?
  • Montandon over 2 years ago

    As duas.
    Coloque a label 2 vezes é um número diferente em cada uma delas.

    Veja esse exemplo
    The Jimi Hendrix Experience - Electric Ladyland
  • Fabioluiz100 over 2 years ago

    Montandon
    As duas.
    Coloque a label 2 vezes é um número diferente em cada uma delas.

    Veja esse exemplo
    The Jimi Hendrix Experience - Electric Ladyland


    Obrigado!
  • lbamaral over 2 years ago

    Amigos do tópico, aponto um erro comum nas submissões de Repress de CDs com Batch Code: o ano mostrado nas matrizes é o ano de produção da matriz (e da edição AA), não é o da edição / reprensagem. Fiz uma pesquisa nas primeiras páginas da Sonopress e os resultados foram esclarecedores:
    AC/DC - Highway To Hell (AE) e AC/DC - Highway To Hell (AV) - 6459/08
    Capital Inicial - Rosas E Vinho Tinto (AR) e Capital Inicial - Rosas E Vinho Tinto (AY) - 4106/03
    Chiclete* - Chiclete Na Caixa, Banana No Cacho - Ao Vivo (AA) e Chiclete* - Chiclete Na Caixa, Banana No Cacho - Ao Vivo (AE) - 5818/03
    Elba* - Ao Vivo (AE) e Elba Ramalho - Elba Ao Vivo (AN) - 7213/05
  • lapcosta over 2 years ago

    Desde que me conheco por gente aqui no Discogs, usamos a data do CD, seja Reissue, Repress ou First press, o numero após a / nas submissões de Sonopress e Microservice (nem todas). Sendo sempre /08 indicando 2008, /11 indicando 2011, e assim por diante. Pelo menos nas minhas submissões isto sempre valeu como uma regra bem clara e coerente com o ano que comprei a release, se comprei novo por exemplo, etc.
  • Fabioluiz100 over 2 years ago

    Outra duvida, se o vinil tiver aquele carimbo tipo "Produto Promocional Invendável. Amostra Grátis Tributada" deve ser criado outro Release para ele ou é indiferente.
    Minha duvida surgiu com essa compilação:
    https://www.discogs.com/Various-Sua-Paz-Mundial-Vol-9/master/636365
  • lapcosta over 2 years ago

    Etiquetas e carimbos não são elegíveis para a tag de promo e ambos compoe a mesma release. Pode ter um comentário nas notas indicando que existem copias que vem com a descrição de promo.
    A tag Promo só deve ser usada quando a descrição de promocional vem impressa no disco ou capa, tornando de fato uma release diferente.
    Veja estes exemplos:
    Various - PolyGram Promo Invendável - Promorock6
    Stereolab - Cobra And Phases Group Play Voltage In The Milky Night

    O exemplo que você nos mostrou, para mim devem ser "mergeados" !
  • lapcosta over 2 years ago

    A propósito veja o que o guideline diz: RSG §6.12.2
  • lbamaral over 2 years ago

    lapcosta
    usamos a data do CD, seja Reissue, Repress ou First press, o numero após a / nas submissões

    Pois é, mas os exemplos mostram claramente que o ano após a barra só vale pra edição AA. Não tem como uma AE (5a) e uma AV (23a) terem sido prensadas no mesmo ano. E faz todo o sentido, pois se não usassem a matriz original não seriam Repress, mas Reissue. A impressão nas capas (offset s/ arte final) e nos inner rings dos CDs (serigrafia) não interferem na produção da mídia de audio.
  • lbamaral over 2 years ago

    Fabioluiz100
    Minha duvida surgiu com essa compilação:
    https://www.discogs.com/Various-Sua-Paz-Mundial-Vol-9/master/636365

    lapcosta
    O exemplo que você nos mostrou, para mim devem ser "mergeados" !

    Certamente.
  • Montandon over 2 years ago

    lbamaral
    Pois é, mas os exemplos mostram claramente que o ano após a barra só vale pra edição AA. Não tem como uma AE (5a) e uma AV (23a) terem sido prensadas no mesmo ano. E faz todo o sentido, pois se não usassem a matriz original não seriam Repress, mas Reissue.


    Penso que esse "release date" gera mais confusão do que esclarecimento.
    Uma boa parcela da Database tem a data incorreta e agora com mais essa informação sua esse numero aumentou. E a tendência é sempre aumentar, nunca diminuir, pois mais releases com data incorreta são criados todos os dias e numa velocidade maior do que aqueles que estão sendo corrigidos.

    De todas as informaçoes disponiveis, é essa, de longe, a menos confiável.

    De qualquer forma é bom ter essa informação que nos passou para as futuras submissões.
  • lbamaral over 2 years ago

    Montandon
    De todas as informaçoes disponiveis, é essa, de longe, a menos confiável.

    O ano marcado na matriz tem a mesma confiabilidade do (p) YEAR em reissues. Vai passar carão quem for questionado sobre "como pode uma 20a. prensagem de 'n' cópias ter sido lançada no mesmo ano da AA?"

    De qq forma, esse parece ser um problema menor no site, diz mais respeito à precisão de informações creditadas. O q tenho visto de vandalismo e de desre$$$peito às regras do site pra promover vendas não cabe aqui...
  • lbamaral over 2 years ago

    Vocês talvez não façam idéia de como é fácil e barato forjar um carimbo "golden stamp" num CD de $20 e fazer ele virar um CD de $200 em minutos... lapcosta viu a pressão pra fazer vista grossa outro dia...
  • Montandon over 2 years ago

    lbamaral

    O ano marcado na matriz tem a mesma confiabilidade do (p) YEAR em reissues. Vai passar carão quem for questionado sobre "como pode uma 20a. prensagem de 'n' cópias ter sido lançada no mesmo ano da AA.


    A propósito, eu nunca digeri muito bem o porquê de Batch IDs diferentes demandarem releases únicos.
    E sua nova informação sobre o ano da Glass Master me deu mais motivos pra acreditar que essa regra eh falha.
  • lbamaral over 2 years ago

    Montandon
    o porquê de Batch IDs diferentes demandarem releases únicos

    Os "Batch IDs", por mais insignificantes que sejam as diferenças entre si ao menos seguem o critério de serem Repress, lançados (released) em datas diferentes. Tem muito caso de subs separadas para o mesmo lançamento, como o das 7 capas do Led Zeppelin. Aquilo eu acho estranho...
  • lbamaral over 2 years ago

    lbamaral edited over 2 years ago
    Ups... cliquei enter 2 vezes. Sorry.
  • lapcosta over 2 years ago

    Alguem sabe o link do topico do forum para denunciar um usuário ?

    Quero denunciar este:

    https://www.discogs.com/user/http_jayzuell_com
  • Montandon over 2 years ago

    Esse aí ja era.
    Fez uma bela zona esse cidadão.
  • lapcosta over 2 years ago

    Removeu um monte de releases de master releases.... mas vc sabe qual lugar devemos denunciar gente assim ?
  • Montandon over 2 years ago

    Nao tem um especifico pra denunciar usuários. Creio.
    Costumam fazer nesse:
    https://www.discogs.com/forum/thread/409381?
  • lapcosta over 2 years ago

    Apareceu outro, acho que o mesmo que deve ter criado outra conta.... vejam a cagada que fez no Led Zeppelin:
    https://www.discogs.com/artist/34278-Led-Zeppelin
  • Montandon over 2 years ago

    Prevejo que a forma de adicionar e remover itens num Master Release vai ser aprimorado.
  • lbamaral over 2 years ago

    Oi, turma. Não vi que tinham notado e discutido aqui a bagunça monstruosa causada pelo vândalo.
    os dois ataques foram causados pelo mesmo cidadão, e nada indica que ele não vá voltar

    Montandon
    a forma de adicionar e remover itens num Master Release vai ser aprimorado

    Mais do que isso, a liberdade praticamente ilimitada de fazer merda por iniciantes está sendo seriamente questionada. Se tiverem paciência sigam o histórico da ocorrência. No primeiro ataque (6/11) o "staff" patinou e levou umas 5 horas pra bloquear o cara. No segundo (7/11) foram mais espertos, mas o estrago foi muito maior, foram praticamente 12 horas com gente de toda a comunidade ajudando a restaurar os danos.
  • Montandon over 2 years ago

    Qualquer um que entre em "Editar Master Release" consegue desvincular todos os releases de uma vez só, seja o cidadão um troll mal intencionado ou mesmo algum incauto bem intencionado.

    Convenhamos, é bem frágil o sistema. A forma de fazer isso deveria ser de baixo pra cima e não de cima pra baixo, como é hoje.

    Por exemplo... da mesma forma que temos que digitar o Cat# de todos os releases que submetemos, qual a dificuldade de ter ali um campo onde digitassemos tambem o numero do Master Release?
  • lbamaral over 2 years ago

    O maior paradoxo percebido na ocasião foi o fato de qq um poder criar 100 MRs em minutos e ninguem ter a permissão de deletar mais que um em um período de 24 horas. O troll sabia muito bem disso. Foi preciso uma alteração no sistema, depois de 12 horas pra permitir o delete em massa. Até ali ainda haviam uns 20 MRs pra serem deletados, à razão de 1 por usuário...
  • lapcosta about 1 year ago

    Pessoal por favor deem uma olhada nesta release: The Rolling Stones - The Rolling Stones Collection

    Tem um usuário querendo remover porque falta o nome das musicas, mas, vejam as fotos e o histórico, o que acham.
  • lbamaral about 1 year ago

    Um caso bastante curioso e discutível. Não há tracklist nem no BoxSet nem nos selos das fitas. O que já vi nas guidelines sobre como proceder se não houver informação básica no release:
    RSG §1.7.1. The general principle of entering information into Discogs is to reflect what is written on the release as much as possible. When the information printed on the release does not match the audio on the release, we enter the actual audio content
    RSG §1.7.6. Missing or damaged parts [...] External information can be used to fill in missing information in this case (for example, tracklists), but the submitter must state what information has been externally sourced, and cite the source.
    RSG §1.3.3. Please explain in the Submission Notes field if your submission lacks required information, or some aspect of the release might bring up questions for someone who doesn't know the release.
    RSG §1.5.5. Do not keep credits that are not present on the version of the release you are submitting.

    Acho que o correto deve ser creditar as faixas dos originais brasileiros (podem haver diferenças nas faixas), na sequencia de lados da "numeração" das fitas, usando Headings para os títulos e se conseguir enxergar os cat# individuais em BaOI.

    Aqui um usuário aponta um caso parecido, a solução apontada foi creditar a tracklist dos originais, fazendo uma ressalva em Notes. Infelizmente o cara não linkou o release pra podermos conferir: https://www.discogs.com/forum/thread/199423#2493012
    Aqui também o cara creditou baseado em uma cópia demo https://www.discogs.com/forum/thread/337584#3161792

    De qq forma a remoção deve ser retirada de questão, o release obviamente existiu. Faça o que estiver ao seu alcance que suporte não te faltará.
  • lbamaral about 1 year ago

    Pros amigos daqui que queiram "derrubar" os manés que adoram especular e marcar suas submissões como "First Press" no FTF: https://www.discogs.com/forum/thread/368251#3440199
  • Fabioluiz100 about 1 year ago

    Como que eu voto nos Merges sem ter o release na coleção? Tem que ter uma certa pontuação de edição aqui no site ou tem q fazer essa gambiarra mesmo de colocar na coleção?
  • lapcosta about 1 year ago

    Fabioluiz100
    Como que eu voto nos Merges sem ter o release na coleção? Tem que ter uma certa pontuação de edição aqui no site ou tem q fazer essa gambiarra mesmo de colocar na coleção?


    Direito a voto de merge em qualquer submissão se conquista com o tempo e o discogs tem os critérios deles, que não sei como são, talvez baseado no seu tempo de casa versus número de votos positwicos versus contribuições e wtc.
    Fora isso um usuário comum tem direito a voto nas submissões que tenha feito qualquer tipo de edição nem que seja incluir numa Master release ou subs que tenha em sua coleção.
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    Olá pessoal!
    Acredito ser a primeira vez que participo aqui.

    Minha dúvida é a seguinte, em outra oportunidade um usuário me questionou o fato de ter colocado o texto "digipak" no campo "texto livre", acho que seria este o nome, se não me engano. Me enviando inclusive o link para que eu pudesse conferir.
    E lendo a respeito concluí que eu deveria adicionar isto no campo citado somente se as versões fossem iguais, diferenciadas apenas pelo tipo de embalagem (ex: digipak & acrílico).
    Então se há uma única versão lançada (ex: digipak), o que seria o correto, onde devo colocar "digipak", no campo texto livre ou no campo notas?
  • lbamaral about 1 year ago

    DiscOver-BR
    Então se há uma única versão lançada (ex: digipak), o que seria o correto, onde devo colocar "digipak", no campo texto livre ou no campo notas?


    O campo FTF, que tem o "Free" no nome, na verdade não é tão Free. Só deve ser utilizado para indicar alguma diferença no formato entre edições do mesmo disco. Podem ser apontadas diferenças na mídia, como cor do vinil; na capa, como gatefold ou digipack; ou alguma especificação técnica, como CrO2, 320 kbps. Coisas como "live" ou "1st press" não são permitidas.
    RSG §4.6.1 e RSG §4.6.2 são as guidelines relativas ao assunto. Acho q sua conclusão está correta: se só há uma edição, use Notes.
  • RafaelBezerra about 1 year ago

    Pessoal, percebendo que faltava a versão nacional de um disco, fui no tópico geral do album em "add realease". Após preencher os dados do discos, percebi que o cadastro não adicionou um disco às versões do album já existentes, mas um novo disco. Alguém poderia me ajudar a corrigir?

    https://www.discogs.com/Aretha-Franklin-Soul-69/release/11270811
  • lbamaral about 1 year ago

    RafaelBezerra
    Alguém poderia me ajudar a corrigir?

    Não é propriamente uma correção, mas somente adicionar uma nova versão ao Master Release dela. Você pode aprender a fazer isso por si, leia e entenda a seção RSG §16 das guidelines.
  • lbamaral about 1 year ago

    Com 20 dias de Discogs e várias submissões e edições a serem reparadas, o usuário andreaugustocdasilva parece precisar de ajuda, por isso o chamo aqui por

    Submission Notes e Release Notes em português, o que é proibido.
    Usar termos como 'raro' para promover suas submissões nas RN ou SN
    Submeter itens que não estão em sua posse.
    Copiar drafts sem editar os dados para nova submissão.
    Creditar artistas, selos, companhias, números de catálogo e formatos que não são mencionados nos releases
    Usar imagens web-sourced em suas submissões.

    Melhor buscar ajuda antes de ser jogado na vala do CIP.
  • lapcosta about 1 year ago

    Feliz Natal time !!! HoHoHo !!
  • lbamaral about 1 year ago

    Amigos, temos um novo usuário  museulixo precisando de:
    a. orientação
    b. óculos novos
    c. noção
    d. longas férias no CIP

    o user 'desandou' a fazer submissões nos últimos dias, muito abaixo do mínimo aceitável, com erros grosseiros até em releases 'copy to draft'.
  • lbamaral about 1 year ago

    Temos entre os leitores deste tópico algum especialista na carreira do "Rei" Roberto Carlos? Estive arrumando uns MRs na página dele e notei que está uma bagunça só, compilações marcadas como albuns, singles perdidos de seus MRs, muitos lançamentos em espanhol com diferentes nomes e mesma tracklist, parceria descrita como grupo, enfim, tá dando dó, e tem 497 releases lá.

    Basta darmos uma olhada rápida em Carlos Gardel pra ver que estamos tomando mais um 7x1, e o que é pior, de nostros hermanos.

    Alguém se habilita?
  • gagerred about 1 year ago

    lbamaral
    Temos entre os leitores deste tópico algum especialista na carreira do "Rei" Roberto Carlos? Estive arrumando uns MRs na página dele e notei que está uma bagunça só, compilações marcadas como albuns, singles perdidos de seus MRs, muitos lançamentos em espanhol com diferentes nomes e mesma tracklist, parceria descrita como grupo, enfim, tá dando dó, e tem 497 releases lá.

    Basta darmos uma olhada rápida em Carlos Gardel pra ver que estamos tomando mais um 7x1, e o que é pior, de nostros hermanos.

    Alguém se habilita?


    Vou dar uma olhada no que conheço.
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    Olhando as Guidelines sobre os Master Releases surgiu uma dúvida, se o lançamento tiver o mesmo nome, porém com versões em áudio e Vídeo (ex: CD & DVD, respectivamente), eles devem fazer parte do mesmo Master Release?
    Imagino que o correto seria termos um MR para o áudio e um para o Vídeo, já que são formatos diferentes, ou estou equivocado?
  • DiscOver-BR about 1 year ago

  • lbamaral about 1 year ago

    lbamaral edited about 1 year ago
    DiscOver-BR
    Imagino que o correto seria termos um MR para o áudio e um para o Vídeo, já que são formatos diferentes, ou estou equivocado?

    Você está certo, fez o certo ontem em Os Paralamas Do Sucesso - Vamo Batê Lata - Paralamas Ao Vivo e em Capital Inicial - Acústico MTV e é assim que está nas Guidelines RSG §16.2.1:
    "Additionally, the release usually has to have matching release format descriptions, from the following list:
    Album - For example, CD, Vinyl, Cassette version of the same album.
    [...]
    Releases without any of the above format types can be put in with any other of the above format types, or in its own Master Release".

    No exemplo da Cindy Lauper vc pode ver q os intrusos foram colocados pelo mesmo cara, e o histórico deles está está um verdadeiro 'entra-e-sai', evidentemente estão tentando forçar a barra
    https://www.discogs.com/release/524057-Twelve-Deadly-Cyns-And-Then-Some/history#latest
    https://www.discogs.com/release/2362543-Twelve-Deadly-Cyns-And-Then-Some/history#latest
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    lbamaral

    Ótimo... Obrigado...

    E como proceder neste caso, ou o que fazer?
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    Pelo jeito não será fácil lidar com este camarada, veja o que ele diz:

    Remember, Discogs is a Wikipedia, and nothing is official.

    Tip: Don't bother making edits on submissions where there are users who have appointed themselves the custodian of said artist or label.
  • lbamaral about 1 year ago

    DiscOver-BR
    o que fazer?

    Nada, a não ser q vc queira comprar briga. Inclusões e exclusões de MRs não podem ser votadas. Vc pode abrir um Thread específico no Forum "Database", em inglês, demonstrando q o user não está seguindo corretamente as Guidelines, vai ter gente te apoiando e gente te bombardeando, o assunto vai se arrastar até q alguém do staff apareça, bata ... na mesa e arrume a casa. Isso pode acontecer em minutos ou séculos...
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    Beleza... Entendi!
  • lbamaral about 1 year ago

    DiscOver-BR
    Beleza... Entendi!

    Existem diversas discussões sobre esse assunto nos Foruns, pela inclusão de vídeos junto de MR de audio:
    https://www.discogs.com/forum/thread/714046#7092480 - mantém aberta a possibilidade de 2 MRs se houver diferenças no audio, como shows gravados em datas diferentes, etc...
    https://www.discogs.com/forum/thread/705588#7035296 - fecha questão por juntar tudo, até discos com gravações em línguas diferentes.

    O assunto é controvertido e eu evitaria grandes movimentações aqui.
  • lapcosta about 1 year ago

    DiscOver-BR
    Olhando as Guidelines sobre os Master Releases surgiu uma dúvida, se o lançamento tiver o mesmo nome, porém com versões em áudio e Vídeo (ex: CD & DVD, respectivamente), eles devem fazer parte do mesmo Master Release?
    Imagino que o correto seria termos um MR para o áudio e um para o Vídeo, já que são formatos diferentes, ou estou equivocado?


    Você está é comprando briga com a comunidade Discogs, pois já ficou definido que audio/video devem permanecer no mesmo MR. Veja link:
    https://www.discogs.com/master/1293433-Greatest-Hits/history#latest

    O que eu até concordo pois as condições que são necessários para serem o mesmo MR satisfazem independente do formato. Além de que, o fato de separarem é para que a MR do video seja visível na visão de videos, o que não acontece com um MR único, mas isto é uma deficiência do sistema e não justifica desobedecer o guideline de MR para que se tenham duas MR's. É torcer para que num futuro seja resolvido mas hoje os MR's tem que ser únicos.

    Há cerca de um ou dois anos atrás houve uma força tarefa aqui no Discogs onde todas as MR's de audio e video foram unificadas, e você está desfazendo todo um trabalho que já foi feito inverso no passado. Não demorará muito irão lhe denunciar, e eu sugiro que pare com estas edições, há menos que tenha algo decidido em um forum recente para lhe sustentar.
  • DiscOver-BR about 1 year ago

    lapcosta

    Eu entendo seu ponto de vista.

    Eu não quero trazer problemas, apenas penso diferente.

    Lendo as diretrizes, em nenhum momento é citado que DVD-V (por exemplo) terá que ser adicionado à mesma MRs de áudio.

    RSG §16.2.1:

    "Additionally, the release usually has to have matching release format descriptions, from the following list:

    Album - For example, CD, Vinyl, Cassette version of the same album. Samplers should normally not be put in the same Master Release as the full album."

    E porque quando eu adiciono uma versão em DVD-V (antes de ser adicionado a um MR), ele é direcionado automaticamente para a sessão de vídeo, e não para a sessão de áudio?

    Mas se isso causa inconvenientes à "maioria" dos usuários e também à diretrizes da comunidade eu não farei mais estas mudanças.

    Se eles seguirem a sugestão do obs referente às diretrizes do Master Release, pode ser que isto fique mais claro!

    https://www.discogs.com/forum/thread/758251?page=1#7519143
  • lapcosta about 1 year ago

    [quote=DiscOver-BR][/quote]

    DiscOver-BR blz?

    Cara, confesso que eu particularmente penso igual a você e no passado já fiz o mesmo que você está fazendo hoje e tomei pancada na cabeça e aprendi que aqui nem tudo é como a gente quer, mas como a "comunidade" quer.

    No link de forum que mencionei anteriormente discute-se isto, onde não é claro que releases de Video devam ficar juntos, aí tem uma legião que interpreta que sim, e outra que interpreta que não, mas a maioria interpretou que fiquem juntos e que, uma deficiênia do sistema de não filtrar e mostrar as releases de video na visão de video, nào seriam um motivo para não usar um único MR.

    Eu fico extremamente incomodado o fato de uma release de video não aparecer na visão de videos por estar num MR de audio. Mas concordo que isto é um bug do sistema e espero um dia ser resolvido, talvez se a comunidade presionar o Discogs para isto mudar, seja uma saída.

    Já reparou que numa mesma MR que possui itens oficiais e unofficials, na visão release aparece todos, mas na visão de unofficials aparecem apenas os unofficials ? pois é, também é um bug mas poderia ser assim para videos, na visão de releases aparecer tudo e na visão videos aparecer só o que for video... espero um dia ser resolvido...

    Um dos motivos que concordo também que sejam MR únicos, porque hoje em dia tem muita release que possui CD e DVD juntos, ou boxes que possuem CD, DVD, LP, Bluray, tudo junto. Aí em casos assim, a release deveria ficar na MR de audio ou de video ? aí tu coloca na MR de audio que acaba contendo itens de video, então por este motivo concordo também que seja um MR único.

    Abraço
  • lbamaral about 1 year ago

    lapcosta
    Já reparou que numa mesma MR que possui itens oficiais e unofficials, na visão release aparece todos, mas na visão de unofficials aparecem apenas os unofficials ?

    Se entendi você se refere à pagina do artista, na coluna da esquerda, aparecem em "Releases" somente os vídeos que não estão nos MRs dos Albums ou que tenham MRs próprios, enquanto em "Unofficial" eles apareceriam todos, extraídos dos MRs dos Albums? Não é o que vejo por exemplo em Joy Division. Os unofficials do "Closer", por exemplo não aparecem na seção "Unofficial", lá só aparecem os bootlegs, etc. Os fakes estão no MR oficial, só dá pra isolar e vê-los usando os filtros em "Find Your Version". O mesmo vale pra DVDs, VHSs, Blue-rays etc.

    De qq forma, é um pé isso de jogar no mesmo saco todos as variantes do mesmo release, mesmo sem darem uma definição clara do que seja um release. Uns dizem que é o áudio em questão, mas gravações em línguas diferentes do mesmo album são aceitas no mesmo MR. Recentemente vi adicionarem à MRs de Singles arquivos de videoclipe baixáveis pelo Vimeo. Estão levando a sério a lacuna "can be put in with any other of the above format types" na 16.2.1
  • Fabioluiz100 about 1 year ago

    Queria tirar uma duvida: eu estava enviando o disco Various - O Poder Do Sangue De Cristo e percebi que esse selo "Novas De Paz" não estava no Discogs, pesquisando um pouco sobre descobri que é/foi uma gravadora de musica gospel com mais de 150 gravações, porém fiquei na duvida se mantenho "Not On Label" ou crio esse selo.
    O que vocês acham?
  • Montandon about 1 year ago

    Crie sim.
    Se o disco tem label deixar em "not on label" é incorreto.

Log In You must be logged in to post.