397 Greatest Progressive Albums

By vasconcelos.archi vasconcelos.archi
updated about 1 month ago

As categorias, mesmo não sendo perfeitas e, muitas vezes, difíceis classificar, são muito importantes para que a gente possa entender processos históricos de uma determinada cena musical. Desta forma, é extremamente custoso definir um artista ou um álbum em específico como progressivo, já que se trata de uma categoria muito extensa, elusiva, amorfa e contraditória, podendo simplesmente ser entendido como tudo aquilo que avança determinado estilo para frente.

O rock psicodélico foi a principal base para o gênero, estabelecendo os primeiros elementos do que viria a ser o rock progressivo: músicas longas, muita experimentação, álbuns conceituais, uso e abuso das tecnologias, além de elementos do jazz e do erudito. Assim, no final da década de 60, começam a surgir os primeiros trabalhos característicos.

Muito provavelmente, o King Crimson com o álbum "In The Court Of Crimson King", de 1969, foi o primeiro a unir todas essas elementos em um só registro. Porém, essa lista inclui alguns trabalhos de outras bandas anteriores a eles que, ao meu ver, já traziam fortes elementos do que viria a ser o progressivo por excelência, como é o caso do primeiro do Procol Harum e do "Days Of Future Passed", do Moody Blues, ambos de 1967.

Posteriormente, assim que esse movimento começa a se espalhar pela Europa e pelo resto do mundo, começamos a ver esses critérios se expandindo um pouco mais, visto que cada cena local incorporou elementos próprios. Bandas como o Banco Del Mutuo Soccorso, na Itália, o Focus, na Hollanda e o Amon Düül II, na Alemanha são exemplos disso.

Em um terceiro momentos, temos a vinda do heavy metal progressivo, surgido na década de 70 e melhor difundido em meados da década posterior. O estilo traz elementos rock progressivo, juntamente com o peso e a agressão característicos do heavy metal. Além disso, temos o chamado rock neoprogressivo, renascido após a queda do movimento progressivo clássico, fundindo estruturas mais complexas e a música popular na década de 1980.

Sendo assim, os 397 álbuns escolhidos refletem minha preferência dentro desses gêneros, trazendo os que, ao meu ver, mergulharam de cabeça na onda. Não pretendo dizer os que são mais influentes, importantes, ou bem gravados, mas sim aqueles que refletem o meu gosto pessoal.

Os 100 primeiros dessa lista indicam de maneira mais fiel a minha ordem de preferência. Seriam aqueles que eu colocaria em uma lista ordenada dos 100 mais marcantes. Os demais foram dispostos com base na nota que dei a cada um deles. Dentre os que tem a mesma nota, a ordem é aleatória.

Por fim, neste momento, acho que essa lista é bem precisa. Mas com certeza vai mudar assim que eu clicar em "salvar".

_______________________________________________________________________________________________________

Abaixo, artistas com mais de dois álbuns na lista:

* Pink Floyd [10]

* Rush [9]

* Genesis, King Crimson [8]

* Dream Theater, Jethro Tull, Marillion [7]

* Eloy, Evergrey, Opeth, Uriah Heep, Yes [6]

* Emerson, Lake & Palmer, Gentle Giant, Porcupine Tree, Supertramp, Van Der Graaf Generator [5]

* Alan Parsons Project, Ayreon, Caravan, Death, Mastodon, Nevermore, O Terço, Pain Of Salvation, Premiata Forneria Marcon, Riverside, Steven Wilson, Tool [4]

* Agalloch, Banco del Mutuo Soccorso, Camel, Can, Electric Light Orchestra, Fates Warning, Gojira, Gong, Haken, Harmonium, Hawkwind, IQ, Katatonia, Nektar, Peter Hammill, Premiata Forneria Marcon, Procol Harum, Queensrÿche, Renaissance, Savatage, Soft Machine, Symphony X, Therion [3]

* A Barca Do Sol, Amon Düül II, Amorphis, Änglagård, Animals As Leaders, Angra, Asia, Baroness, Between the Buried and Me, Blind Guardian, Coheed And Cambria, Crucis, Curved Air, Devin Townsend, Enslaved, Family, Focus, Frumpy, Gong, Grobschnitt, Hatfield And The North, Jane, Kansas, Klaatu, Le Orme, Magma, Magnum, Manfred Mann's Earth Band, Marco Antonio Araujo, Meshuggah, Mike Oldfield, Neal Morse, Os Mutantes, Orphaned Land, Pendragon, Pescado Rabioso, Rick Wakeman, Robert Wyatt, Soen, Steve Hackett, Styx, The Mars Volta, The Moody Blues, TransAtlantic, Triana, Triumvirat, Violeta De Outono, Voivod [2]